TeologiaVida Cristã

Precisamos falar sobre mulheres com doutorado.

Várias pessoas ficaram chocadas com as declarações de Edir Macedo (assista aqui) sobre suas filhas serem desincentivadas a cursarem faculdade.

O receio era que, se elas fossem doutoras, enquanto os maridos tivessem pouca instrução, elas assumiriam a liderança do lar – um fracasso do casamento.

O debate nas redes sociais gira em torno do absurdo das declarações, e os cristãos tentam se mostrar mais sensatos em suas visões sobre o lugar da mulher na família, na igreja e na sociedade.

Entretanto, esse não é o núcleo da questão. Não adianta os pastores justificarem que suas esposas e filhas trabalham, estudam ou cuidam da casa. Isso só arranha a superfície do problema.

Macedo é só um sintoma de uma falta muito maior nos evangélicos. Em um momento breve no vídeo, ele toca no cerne do problema: “eu não criei minhas filhas para terem uma profissão e servirem a si mesmas. Eu as criei para servirem a Deus”.

Na raiz das declarações de Macedo, e de tantas que escutamos cotidianamente, está a incapacidade dos cristãos aprenderem a servir o Senhor através das suas profissões, títulos acadêmicos e relacionamentos familiares.

Sem cosmovisão bíblica ficamos reféns de padrões culturais para orientar nossas práticas – como no caso da “mística feminina” de Edir que acha que a mulher só frutifica em casa.

Não sabemos lidar com mulheres doutoras, com homens que cuidam do lar e qualquer outro assunto que foge aos estereótipos de nossa cultura. Porque não temos uma forma de enxergar a realidade segundo os parâmetros bíblicos.

Sejamos honestos, não investimos nosso tempo, nem gastamos o nosso dinheiro em estudo teológico sério sobre essas questões.

Não se faz resistência aos comentários misóginos do tipo “não estude muito se não você ficará solteira” com declarações igualmente equivocadas – p. ex., “minha filha vai conquistar a posição que quiser para não ficar sujeita a nenhum homem”.

A libertação dos labirintos sexistas de nossa cultura só virá de uma robusta habilidade de enxergar todas as dinâmicas da vida através dos parâmetros criacionais de Deus. E isso só é produzido com muito estudo e disciplinas espirituais!

Por: Pedro Lucas Dulci
Esse texto foi originalmente compartilhado pelo autor em seu perfil no Instagram.

Leitura recomendada sobre o tema:

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *