Amizade é graça de Deus para nossas vidas.

Dizia uma canção que eu ouvia quando criança: “Amizade é dom de Deus, faz lembrar o céu”.

Nessa letra o compositor diz que há algo celestial em uma boa amizade.

A amizade

As Escrituras são muito abrangentes e descrevem inúmeras áreas da nossa vida. O fato de relatarem o afeto entre pessoas sem vínculo de sangue, é mais uma manifestação da graça de Deus.

Muitas vezes conhecemos uma pessoa e ela acaba se tornando nossa amiga, confidente, parceira e descobrimos que temos com ela várias afinidades. Temos de admitir que isso é um milagre de Deus.

O livro de Provérbios

O livro de sabedoria, Provérbios, apresenta alguns textos muito interessantes que mostra verdades sobre a relação de amizade.

Em todo tempo ama o amigo, e na angústia se faz o irmão. Provérbios 17.17

Neste trecho, o sábio diz que, ao cultivar uma boa amizade, esta será de valor maior ainda, quando você estiver angustiado. Ah! Como é boa uma palavra de alento, de aquietação, de cuidado quando se está aflito. Muitas vezes um amigo é mais usado para nos dar alento do que alguém que mora conosco!

Como o óleo e o perfume alegram o coração, assim, o amigo encontra doçura no conselho cordial. Provérbios 27.9

Amigo é aquela pessoa que mesmo conhecendo nossos defeitos decide permanecer ao nosso lado. Isso não é semelhante ao que Cristo faz? Mesmo sendo tão pecadores e contrários a Deus, Ele não decidiu se entregar por nós? O apóstolo Paulo diz, em Romanos 5.8, que Deus provou seu amor para conosco quando ainda éramos pecadores.

O que encobre a transgressão adquire amor, mas o que traz o assunto à baila separa os maiores amigos. Provérbios 17.9

Será que a primeira parte deste provérbio não é a descrição do que nosso Salvador Jesus Cristo faz por nós?

Um verdadeiro amigo é fiel. Ele guarda aqueles lances da nossa vida que nos condenam em público. O amigo conhece as nossas fraquezas e idiossincrasias, e nos defende daqueles que tentam nos denegrir.

E não foi isso que o nosso Salvador, Jesus Cristo, fez por nós perante Deus?

O melhor amigo

Não seria Jesus o nosso maior e melhor amigo? Certamente! Cristo não é apenas um amigo, mas é o nosso Redentor. Ele não é só nosso amigo, Ele deu sua vida por nós, quando ainda éramos inimigos (Romanos 5.10).

Isso é graça. A vida é graça em todas as suas facetas. E a amizade é mais uma demonstração dessa maravilhosa graça de Deus!

O incrível é que todos os homens participam desse ato gracioso. Não apenas os regenerados recebem a benção de poder ter amigos, mas os ímpios também. É claro que a qualidade dessas amizades difere uma da outra. Algumas amizades nos levam para mais perto de Deus, enquanto outras nos afastam dEle, como podemos ver em Salmos 1.1:

Bem-aventurado o homem que não anda no conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.

A amizade tem um lado de benção para quem serve a Deus e busca viver a sua justiça. Mas, para quem não observa a vontade de Deus, ela pode ser uma maldição.

A amizade firmada nas Escrituras é bênção, é graça divina. Portanto, quando temos Cristo como verdadeiro amigo, também podemos usufruir de uma verdadeira e abençoadora amizade.

Texto por: Diego Venancio
Original: Teomidiablog

Leitura recomendada sobre o tema:

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *